História Um Lugar Encantado | Praia de Santa Cruz
Torres Vedras - Portugal
     
   
  Como Chegar  
  Região do Oeste  
  Torres Vedras  
  As Freguesias  
   
  A Costa e o Litoral  
  As Praias  
   
  Passeios  
  Desporto  
   
  História e Estórias  
  O Património  
  A Etnografia  
  A Gastronomia  
  A Religião  
  Galeria de Notáveis  
   
  A Visitar  
  Eventos Culturais  
  Eventos Desportivos  
  Eventos Populares  
  Album de Fotografias  
  Galeria de Arte  
  Associações/Colectividades  
   
  Onde Dormir  
  Onde Comer  
  Onde Comprar: Artigos  
  Onde Comprar: Serviços  
  Biz - Empresas & Negócios  
   
  Mapas  
  Telefones Úteis  
  Previsão das Marés  
  Estado do Tempo  
     
     

 

 

 

Cultura & Etnografia - História e Estórias - Um Lugar Encantado

Santa Cruz: Um Lugar Encantado

O lugar pitoresco de Santa Cruz seria redescoberto no século XIX, por homens e poetas, que se foram instalando paulatinamente. Rapidamente o casal tornou-se aldeia, que então as bestas atravessavam mais assiduamente o areal para além da Silveira, seguindo os rodados gravados pelos carros de bois, e com o tempo foram desenhando o caminho.

Santa Cruz (de Ribamar) era, ainda em meados do século XIX, uma pequena e pitoresca aldeia, com meia dúzia de casas e com cerca de trinta habitantes, rodeada de terrenos áridos, na sua maior parte cobertos por areias que os ventos foram empurrando para o interior.

Foi esta Santa Cruz que acolheu Antero de Quental e que Jaime Batalha Reis descrevia assim: «a povoação reduzia-se então a poucas casas espalhadas sobre as ribas, como se sabe muito pitorescas, altas e de estratos vivamente coloridos...».

Mas já, em 1843, a aldeia de Santa Cruz registava cerca de três dezenas e meia de habitantes, se ao povoado juntarmos os dois fogos existentes no Pizão (de Penafirme). O número mantinha-se sensivelmente o mesmo em 1862, com a soma das sete “almas” que viviam no Casal d’Azenha, e os vinte e sete habitantes de Santa Cruz e Pizão.

Com pouco mais de meia dúzia de casas espalhadas pelo areal, a praia de Santa Cruz manteve um aspecto pitoresco ao longo da segunda metade do século XIX, somando, já em 1911, sessenta e duas pessoas, tendo-se elevado a dez o número das habitações.

 

 

 

Texto: Carlos Guardado da Silva
Fotografias: Artur Henriques & Arquivo da Biblioteca Municipal de Torres Vedras
Publicado em: 2-Fev-2006

Para obter mais informações envie-nos um email

 

 
A Capela de Santa Helena e o monumento a Antero de Quental
     
   
   
  Veneração Sta Helena  
  Ermida Sta Helena  
  A Imagem a Santa Helena  
  Santa Cruz de Ribamar  
  Um Lugar Encantado  
  Desenvolvimento Urbano  
  Destino de Veraneio  
  Vivência Estância Balnear  
  Massificação do Turismo  
   
  O Porto de St Denis  
   
  As Invasões Francesas  
  Igreja Nossa Sra da Luz  
   
  Convento NSra Assunção  
     

 

Copyright © 2005-06 Belenus, Lda