História Destino de Veraneio Praia de Santa Cruz
Torres Vedras - Portugal
     
   
  Como Chegar  
  Região do Oeste  
  Torres Vedras  
  As Freguesias  
   
  A Costa e o Litoral  
  As Praias  
   
  Passeios  
  Desporto  
   
  História e Estórias  
  O Património  
  A Etnografia  
  A Gastronomia  
  A Religião  
  Galeria de Notáveis  
   
  A Visitar  
  Eventos Culturais  
  Eventos Desportivos  
  Eventos Populares  
  Album de Fotografias  
  Galeria de Arte  
  Associações/Colectividades  
   
  Onde Dormir  
  Onde Comer  
  Onde Comprar: Artigos  
  Onde Comprar: Serviços  
  Biz - Empresas & Negócios  
   
  Mapas  
  Telefones Úteis  
  Previsão das Marés  
  Estado do Tempo  
     
     

 

 

 

Cultura & Etnografia - História e Estórias - Destino de Veraneio

Santa Cruz: Destino de Veraneio

Com os hábitos de banhos de mar e da vida na praia que se impuseram nos inícios do século XX, Santa Cruz, quase «desconhecida e impenetrável» até então, assumia um papel de relevo nos destinos de veraneio, sobretudo a partir de 1908, após a conclusão da estrada, que a partir da Silveira, tornava mais fácil o acesso à praia. Até aí outros eram os destinos de veraneio dos torrienses: Consolação, Ericeira, Figueira da Foz, Nazaré e S. Martinho do Porto.

A implementação de estruturas e serviços em Santa Cruz, a juntar à estrada, fixavam as famílias torrienses. Em 1905 já tinha aberto o Hotel Havaneza. Em 1907, uma casa de hóspedes de José Maria dos Santos Menau. Em 1908, instalava-se a Casa de Hóspedes Maria Sabetudo. Em 1918, o Hotel Miramar e, em 1930, inaugurava-se o Hotel Restaurante Oceano. E instalavam-se padarias, mercearias e outros serviços que acabariam por marcar a paisagem da localidade e o quotidiano dos verões de Santa Cruz.

Em 1915, José Joaquim Miranda contribuía para um notável incremento na construção de habitações nos terrenos do antigo casal da Azenha, que entretanto comprara, iniciando-se a construção de um bairro.
O impulso decisivo, no desenvolvimento turístico da praia, surgiria em 1928 com o estabelecimento de carreiras de camionagem. Criara-se então uma Comissão de Iniciativas, responsável por algumas obras públicas, destacando-se os varandins e as escadarias da Praia Formosa.

Santa Cruz pertenceria, desde 28 de Setembro de 1926 à então criada freguesia da Silveira, sendo um destino procurado pelo turismo de massas, a partir da década de 60.

 

 

 

Texto: Carlos Guardado da Silva
Fotografias: Artur Henriques & Arquivo da Biblioteca Municipal de Torres Vedras
Publicado em: 2-Fev-2006

Para obter mais informações envie-nos um email

 

 
     
   
   
  Veneração Sta Helena  
  Ermida Sta Helena  
  A Imagem a Santa Helena  
  Santa Cruz de Ribamar  
  Um Lugar Encantado  
  Desenvolvimento Urbano  
  Destino de Veraneio  
  Vivência Estância Balnear  
  Massificação do Turismo  
   
  O Porto de St Denis  
   
  As Invasões Francesas  
  Igreja Nossa Sra da Luz  
   
  Convento NSra Assunção  
     

 

Copyright © 2005-06 Belenus, Lda