As Invasões Francesas A dos Cunhados | Praia de Santa Cruz | História
Torres Vedras - Portugal
     
   
  Como Chegar  
  Região do Oeste  
  Torres Vedras  
  As Freguesias  
   
  A Costa e o Litoral  
  As Praias  
   
  Passeios  
  Desporto  
   
  História e Estórias  
  O Património  
  A Etnografia  
  A Gastronomia  
  A Religião  
  Galeria de Notáveis  
   
  A Visitar  
  Eventos Culturais  
  Eventos Desportivos  
  Eventos Populares  
  Album de Fotografias  
  Galeria de Arte  
  Associações/Colectividades  
   
  Onde Dormir  
  Onde Comer  
  Onde Comprar: Artigos  
  Onde Comprar: Serviços  
  Biz - Empresas & Negócios  
   
  Mapas  
  Telefones Úteis  
  Previsão das Marés  
  Estado do Tempo  
     
     

 

 

 

Cultura & Etnografia - História e Estórias - As Invasões Francesas

As Invasões Francesas (1807-1811)

A Batalha do Vimeiro:
As Negociações para a Evacuação dos Contingentes Franceses

Do mesmo modo, a povoação da Maceira desempenhou um importante papel, não só durante a batalha, como nos acontecimentos que se seguiram. As casas e a capela da Quinta da Maceira, à data propriedade do Coronel António Agostinho de Carvalho, foram transformadas no hospital de sangue, fundamental para o apoio e assistência dos efectivos feridos durante os confrontos militares.

Esta mesma Quinta foi cenário das hesitações dos generais ingleses e da astúcia diplomática do enviado francês, bem como das importantes resoluções que mudaram o
curso dos acontecimentos. De facto, após a derrota de Junot no Vimeiro (21 de Agosto), era intenção de Wellesley perseguir os franceses, retirando-lhes a possibilidade de se reorganizarem. A concretização deste plano permitiria às forças anglo-portuguesas tirar partido da vitória obtida, pois obrigaria os franceses, encurralados, a aceitarem a rendição. Mas Sir Harry Burrard, no final do combate, assumiu o comando das forças inglesas e impediu Wellesley de perseguir os adversários. Sir Hew Dalrymple, entretanto desembarcado na praia de Porto Novo, secundou-o nos seus intentos, procurando evitar o risco de um novo confronto sem a presença dos dez mil homens do General Moore, que só chegariam à Maceira no dia 25 de Agosto e cujo desembarque se prolongaria por cinco dias, dadas as condições do mar.

Ora, a hesitação dos ingleses permitiu que Junot retirasse para Torres Vedras e preparasse o envio de um emissário seu ao campo dos ingleses com vista a negociar a evacuação das tropas francesas do país. A escolha recaiu sobre Kellermann que, ao aperceber-se das dificuldades dos adversários decorrentes da ausência do General Moore, depressa as soube aproveitar, negociando habilmente a evacuação de Portugal sem qualquer capitulação por parte dos franceses. A memória de tais actos ficaria associada à Quinta da Maceira, em cujas intalações Kellerman pernoitou de 22 para 23 de Agosto e onde ocorreram as referidas negociações.

 

continua ...


 

Texto: Maria Natália da Silva - João Luís Inglês Fontes
Fotografias: MMTV & BMTV
Publicado em 18-Mai-2007
Actualizado em

Para obter mais informações contacte-nos

 

 
Antiga Casa e Capela da Maceira que serviram de Hospital de Sangue por ocasião da Batalha do Vimeiro
     
   
   
  Igreja da Santa Cruz  
  Capela de Santa Helena  
  Ruínas do Convento Velho  
  Igreja Nossa Senhora da Luz  
     
   
   
  Veneração Sta Helena  
  Ermida Sta Helena  
  A Imagem a Santa Helena  
  Santa Cruz de Ribamar  
  Um Lugar Encantado  
  Desenvolvimento Urbano  
  Destino de Veraneio  
  Vivência Estância Balnear  
  Massificação do Turismo  
   
  O Porto de St Denis  
   
  Igreja Nossa Sra da Luz  
  A Batalha do Vimeiro  
   
  Convento NSra Assunção  
  Ruínas do Convento Velho  
     

 

Mesa onde foram assinados os preliminares da paz após a Batalha do Vimeiro, oriunda da Quinta da Maceira
 

 

Copyright © 2005-07 Belenus, Lda